Mirlei Deléia Frank Gimba (UCB)
Keith Rosa dos Santos (UCB/Uniasselvi)

Professores na rede municipal de Alvorada

Resumo

Este artigo tem o objetivo de compartilhar relatos de experiência das vivências ocorridas em sala de aula dos projetos: Hora do Conto, Arte Educação, História e Cultura do Brasil, Meio Ambiente e Saúde e Jogos Matemáticos, da Escola Elisardo Duarte Neto. Os projetos são desenvolvidos com os educandos do pré ao quinto ano do ensino fundamental, com diferentes metodologias de trabalhos. As atividades realizadas pelos respectivos projetos propiciam a construção de novos saberes inerentes ao trabalho docente.

Palavras – chave: Projetos. Hora Atividade. Relatos de Experiência.
1 INTRODUÇÃO:

O presente relato tem como objetivo apresentar as experiências vivenciadas nos projetos junto aos anos iniciais do ensino fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental Elisardo Duarte Neto, no município de Alvorada, RS, no ano de 2016.
Os projetos estão integrados às atividades regulares da escola e estão sendo desenvolvidos pelas respectivas professoras da hora atividade. A execução dos projetos se dá em sala de aula e nos diferentes espaços da escola como na biblioteca, no pátio e no refeitório, com a participação das crianças lendo, cantando, brincando, jogando, pintando e até mesmo dramatizando.
Para que os projetos fossem realizados foram necessárias pesquisas bibliográficas e planejamentos de ações que atendessem as necessidades da escola e dos educandos. Em virtude disso houve uma preocupação da escola quanto ao seu desenvolvimento, sendo assim adquiriu muitos materiais como aumento do acervo de livros, compra de novos jogos, tinta entre outros que foram disponibilizados aos professores e posteriormente aos alunos. Nesse sentido, foram realizadas diversas atividades como leitura, manuseio de livros, pintura, jogos entre outras.

2 CONTEXTO ESCOLAR

A escola Municipal de Ensino Fundamental Elisardo Duarte Neto esta localizada na Rua Siqueira Campos, 273, Stella Maris, Alvorada, RS. Criada em 20 de dezembro de 2006. Atende atualmente 475 alunos que estão distribuídos em dois turnos, manhã e tarde, nas etapas da Educação infantil e Ensino Fundamental. A escola conta com o apoio de seus colaboradores, 30 professores, 16 funcionários distribuídos entre serviços educacionais, responsável pelo setor administrativo, financeiro e equipe diretiva.
A escola na sua proposta visa à formação cidadã das crianças, acreditando que os valores de ensino não são apenas traduzidas pelo critério pedagógico, mas valores morais e éticos. De acordo com a sua proposta pedagógica a escola neste ano desenvolve os seguintes projetos: hora do conto, arte educação, história e cultura do Brasil, meio ambiente e saúde e jogos matemáticos.
A estrutura da escola é ampla, possui quadra de esportes, sala de leitura, pracinha, sala de professores, refeitório, secretaria, sala para SOE (Supervisão e Orientação Educacional), pátio, um laboratório de aprendizagem e uma sala de recursos multifuncionais.
A metodologia da escola de acordo com o Projeto Político Pedagógico esta baseada numa perspectiva sócio interacionista pautada em uma ideologia de escola progressista onde o aluno seja um leitor de sua realidade e na dialogicidade que considere os diversos teóricos ligados ao avanço da ciência. A escola deve garantira participação e autonomia de todos os agentes pertinentes aos segmentos do contexto escolar leitores de sua realidade, reflexivos, críticos, participativos e sujeitos de sua história. A proposta da escola é assumir a construção de cidadãos críticos participativos e transformadores capazes de resignificarem a sua realidade. Nessa perspectiva este processo se da dialeticamente e dialogicamente.
Retirado do seu Projeto Político Pedagógico (GADETTI 2000:108) “a escola não deve apenas transmitir conhecimento, mas também se preocupar com a formação global dos alunos numa visão onde o conhecer e o intervir ao real se encontrem.”

3 PROJETOS

No final de cada ano os professores interessados em desenvolver algum projeto no ano seguinte devem apresentá-lo ao restante do grupo de professores, equipe pedagógica e diretiva, após essas apresentações há uma votação interna entre o grupo para escolha dos projetos que serão desenvolvidos.
Para que todas as turmas sejam contempladas e tenha qualidade nas aulas os horários são organizados trimestralmente.
Nos conselhos de classe todos os professores de hora atividade, laboratório de aprendizagem, professor regente da turma e comunidade participam, permitindo assim, analisar os processos de ensino aprendizagem em diferentes aspectos. Propiciando ainda, a analise do currículo, metodologia adotada e o sistema de avaliação.
A avaliação é realizada trimestralmente no decorrer do ano letivo com objetivos previamente planejados e observação do engajamento dos alunos, método esse indispensável para verificar os resultados do trabalho pedagógico.

3.1 HORA DO CONTO

Este projeto consiste em oferecer sessões de contação de histórias e de atividades que promovam a leitura e interpretação de textos. Além de estimular o hábito da leitura, desenvolve a atenção, a concentração, a criatividade, a imaginação, a comunicação, a sensibilidade e a manifestação de idéias. Possibilita também a oportunidade da criança imaginar e fantasiar, estimula e enriquecer a linguagem.
A metodologia da Contação de Histórias tem como objetivo formar crianças leitoras e produtoras de textos, cria condições de aprendizagem para que a leitura e escrita sejam prazerosas, melhorando assim o seu desempenho em sala de aula.
No momento da contação de histórias são utilizados diversos recursos pedagógicos como: fantoches, dedoches, fantasias, músicas, vídeos e outros. Além disso, são utilizadas outras estratégias como: explorar diferentes espaços da escola para a contação de histórias, utilização de objeto concreto, aula expositiva dialogada, desenho (ilustração da história), pintura, dobradura, recorte e colagem, leitura de livros infantis, leitura de gibis, interpretação de textos, construção de histórias, visita à biblioteca, nova ilustração para um livro, realização e exposição de trabalhos, confecção de maquetes com materiais recicláveis, criação de novos finais para a mesma história.

sem-titulo              sem-titulo2

sem-titulo3

sem-titulo5sem-titulo4 sem-titulo9sem-titulo8sem-titulo6sem-titulo7sem-titulo10

sem-titulo15sem-titulo12

sem-titulo13

sem-titulo14sem-titulo11

 

3.2 HISTÓRIA E CULTURA DO BRASIL

O projeto história e cultura do Brasil propõe somar-se ao Projeto Político Pedagógico da escola, proporcionando meios de conhecer melhor a formação do povo brasileiro e dessa, forma, superar preconceitos e promover a cidadania. Tem por objetivo resgatar as contribuições afro-brasileiras e indígenas para a formação da sociedade, valorizar as culturas afro-brasileiras e indígenas, respeitar as diferenças culturais, conscientizar a comunidade escolar para a vivência no coletivo.

sem-titulo17sem-titulo16

sem-titulo19sem-titulo20sem-titulo18

sem-titulo21sem-titulo22sem-titulo23

3.3 ARTE EDUCAÇÃO

O estudo de Artes é importante porque a partir dela que temos a representação simbólica dos traços espirituais, materiais, intelectuais e emocionais, que caracterizam a sociedade ou o grupo social. Através dela as pessoas se comunicam, expressando suas ideias que, às vezes, através de palavras não conseguem.

Este projeto tem como objetivo oportunizar aos alunos o acesso à arte como linguagem expressiva e forma de conhecimento, desenvolvendo a criatividade, o gosto, o cuidado e o respeito pelo processo de elaboração e criação de suas produções e de outras pessoas. As atividades realizadas valorizam a expressão singular do aluno, desenvolvendo sua percepção visual e imaginação criadora, para que ele se sinta como indivíduo integrante de uma cultura, contribuindo para a construção de um olhar crítico no exercício de sua cidadania.

sem-titulo26sem-titulo29sem-titulo27sem-titulo25sem-titulo28sem-titulo24sem-titulo30sem-titulo32sem-titulo33sem-titulo31sem-titulo35sem-titulo34sem-titulo37sem-titulo36sem-titulo38sem-titulo41sem-titulo40sem-titulo39sem-titulo42sem-titulo44sem-titulo45sem-titulo46sem-titulo43sem-titulo49sem-titulo47sem-titulo48sem-titulo51sem-titulo50sem-titulo52sem-titulo53sem-titulo54sem-titulo56sem-titulo57sem-titulo55sem-titulo58sem-titulo59sem-titulo60sem-titulo61sem-titulo62

3.4 EDUCAÇÃO, AMBIENTE E SAÚDE

Ser saudável é também esclarecer bons hábitos e compreender que o nosso corpo merece um carinho especial, e que esse tratamento nos traz muitos benefícios. Este projeto é uma proposta que possibilita uma aprendizagem visando à transformação de atitude e hábitos para o dia-a-dia dos alunos na escola, estendendo esse efeito à outros grupos que estejam inseridos. Tem por objetivo valorizar o meio ambiente, identificar-se como parte integrante do meio ambiente, resgatar junto aos alunos a importância de vivermos e convivermos em um ambiente limpo, incentivar a prática diária de atitudes quanto à higiene pessoal.

sem-titulo63sem-titulo64sem-titulo68sem-titulo65sem-titulo66sem-titulo69sem-titulo67sem-titulo70sem-titulo72

sem-titulo71

3.5 JOGOS MATEMÁTICOS

Este projeto tem por finalidade desenvolver habilidades que facilitem a compreensão dos conteúdos matemáticos tornando prazerosa essa aprendizagem. São desenvolvidas atividades práticas e lúdicas, tais como jogos e mini projetos, que são desenvolvidos pelos alunos ao longo do ano com o auxílio e orientação do professor. Tem a finalidade de auxiliar o professor regente com suas necessidades em transmitir determinados conteúdos matemáticos.

sem-titulo78sem-titulo76sem-titulo75sem-titulo77sem-titulo74sem-titulo73sem-titulo80sem-titulo81sem-titulo82sem-titulo84sem-titulo79sem-titulo83sem-titulo85sem-titulo86sem-titulo87

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Os projetos têm grande contribuição no trabalho que a escola vem desempenhando ao longo do ano letivo, visando o crescimento integral do aluno.

A oportunidade de participar deste evento, relatando nossas experiências e tomando conhecimento da realidade de outras escolas foi muito importante pra nossa formação profissional, pois a troca de experiências enriquece o trabalho docente visando especialmente o aluno e sua construção do conhecimento.

REFERÊNCIAS:

REIS, Tozoni, Campos, Freitas, Marília. Metodologia da Pesquisa Científica. Paraná: Iesde,s/d.

UFRGS. Manual Básico para elaboração de artigo. [online]. Disponível em: <http://www.ufrgs.br/deds/copyofimagens/Manual%20ArtigoCientifico.pdf>. Acesso em: 26 outubro 2016.

GADETTI 2000:108. Projeto político Pedagógico da Escola Municipal de Ensino Fundamental Elisardo Duarte Neto. Alvorada, 2016.

retorna sumario