A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através do conselho municipal de saúde, promoverá nos dias 11 e 12 de maio a 1ª Conferência Municipal de Saúde das Mulheres de Alvorada, com o tema “DESAFIOS PARA A INTEGRALIDADE COM EQUIDADE”. A Conferência será realizada na Câmara de Vereadores, localizada na Av. Getúlio Vargas nº 2266 – Centro, Alvorada.

O evento contará com as palestrantes Elisângela Silveira, advogada Aline Eggers e a enfermeira Clarissa Troyano Prates além de apresentações culturais, votação de propostas e debates. Esta conferência vem para reforçar o movimento crescente de conquista de direitos individuais e sociais da população feminina brasileira.

A 1ª Conferência de Saúde da Mulher do Município de Alvorada é organizada nos moldes do programa proposto pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), onde aborda diversas questões como: Qual o impacto do modelo econômico atual na saúde das mulheres? Como os serviços de saúde podem contribuir para reduzir o adoecimento relacionado à vida profissional? Como situações de violência de gênero, assédio moral e discriminações afetam a vida das mulheres?

As mulheres no Brasil representam hoje 51,4% da população, isto é, são 103,5 milhões, e destas, 37,3% são responsáveis pelo sustento das famílias, vivem mais do que os homens, porém adoecem com mais frequência. Dados também revelam a crescente participação das mulheres nos indicadores da economia. A inserção delas no mundo do trabalho é importante para seu crescimento pessoal, emocional, intelectual, social, político e cidadão. No entanto, neste campo, os desafios são estratosféricos, pois o trabalho é fortemente organizado a partir da divisão sexual do trabalho, dada por uma construção sociocultural obsoleta.

Na busca pela melhoria da qualidade de vida e de saúde, é importante que as políticas públicas atuem de forma expressiva, envolvendo ações de conscientização, reconhecendo e valorizando os saberes e as práticas tradicionais de saúde dessas populações. Neste sentido, a prefeitura de Alvorada, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, estimulará o debate para desenvolver métodos que permitam maior qualidade nos serviços de saúde.

Saiba mais: Programação da conferência

Texto: Mauricio Velasques / Revisão-Edição: Fábio Medeiros / Imagem: Divulgação