Ação conjunta das forças de segurança atuou nos 34 municípios que compõem o Gabinete de Gestão Integrada da Região Metropolitana de Porto Alegre (GGIMPOA).

Lançado pelo governo do Estado na semana passada e batizada de Operação Integrada Metropolitana, na última sexta-feira (8) a ação reuniu mais de 1,5 mil agentes, quase 800 viaturas e três helicópteros, distribuídos em cerca de 200 pontos dos municípios que fazem parte do GGIMPOA.

O resultado alcançado na Operação Integrada Metropolitana foi de, 120 prisões, 25 armas e 70 munições apreendidas além de coletes e rádios comunicadores. Também 22,53 kg de drogas foram recolhidos juntamente com 100 balanças de precisão. Foram 67 veículos apreendidos (entre apreendidos, recuperados e recolhidos), além de mais de R$ 70 mil em dinheiro. Ao todo foram realizadas 188 vistorias, além de diversas autuações feitas por órgãos de outras esferas do poder público municipal, estadual e federal. Foram 3.152 veículos vistoriados e 4.647 pessoas abordadas.

Em Alvorada a operação integrada entre a Brigada Militar, Polícia Cívil e Guardas Municipais, teve como ponto de partida a Praça João Goulart, com objetivo de coibir e reprimir à criminalidade, cumprindo mandados, com ênfase em homicídios, roubo e furtos de veículos, roubo a estabelecimentos comerciais e a pedestres, captura de foragidos da justiça e tráfico de entorpecentes além de abordagens.

Conforme o Secretário de Segurança e Mobilidade Urbana de Alvorada, Sergio Coutinho, essas ações vem de encontro ao pedido de providências do Prefeito, José Arno Appolo do Amaral, no combate efetivo à criminalidade no município, pois a integração entre os órgãos de segurança é uma forma de unir forças dando maior eficiência no combate a criminalidade, proporcionando mais segurança para a população alvoradense.

A mobilização em todo estado reuniu servidores da Brigada Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS), do Instituto-Geral de Perícias (IGP) e da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), além de outras esferas, como Guardas Municipais, agentes de trânsito e de fiscalização dos municípios da região; equipes de organismos federais como a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Força Nacional de Segurança Pública.

Os órgãos envolvidos, dentro do planejamento e execução da operação, interagem com os demais órgãos estaduais e federais integrantes do GGIMPOA: Ministério Público do Estado (MP), Receita Estadual, Polícia Federal (PF), Receita Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Tribunal de Justiça do Estado (TJ), Justiça Federal no Estado, Ministério Público Federal (MPF) e Forças Armadas, bem como com representações da sociedade organizada.

Confira os dados consolidados da Operação Integrada:

Efetivo- 1.541 envolvidos
Viaturas- 755
Vistorias- 188
Pessoas abordadas- 4.647
Veículos fiscalizados- 3.152
Apreensões de armas- 25
Apreensões de drogas- 22,53 kg
Apreensões de veículos- 7
Apreensões de valores- R$ 73.516,15
Veículos recuperados- 7
Veículos recolhidos- 53
Prisões- 123

O lançamento da operação em Alvorada contou com a presença das seguintes autoridades:

Comandante do 24º BPM, Major Jefferson de Melo;

Diretor da 1ª DPRM, Delegado Rodrigo Bozetto;

Delegado da 1ª e 2ª DP de Alvorada, Delegado Luis Carlos Rollsing;

Delegacia de Homicídios de Alvorada, Delegado Edimat Machado de Souza;

Secretário Municipal de Segurança, Sergio Coutinho;

Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Taison Neves.

 

 

Ainda não existem comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados (*).