A Prefeitura de Alvorada está realizando um trabalho na prevenção de cheias, através do desassoriamento do leito do Arroio Feijó.
Uma escavadeira hidráulica está sendo usada para retirar excesso de terra e aumentar a vazão de água, amenizando os alagamentos que ocorrem na região.
O trabalho está sendo realizado ao longo do mês por trabalhadores, técnicos e acompanhada de perto pelo prefeito José Arno Appolo do Amaral e pelo Vice-prefeito, Valter Slayfer que veem essa obra como essencial para o bem-estar da comunidade.

“Sabemos que os alvoradenses sofrem, e não é de hoje, com a temporada de chuvas e consequente cheia do Arroio Feijó. Esta ação visa diminuir os efeitos das cheias e trazer um pouco de tranquilidade aos cidadãos da quela região”, afirma o prefeito, que fiscaliza constantemente a operação.

A solução definitiva para o problema está na construção de um dique, num investimento de mais de R$ 1BI. O leito dos arroios Feijó, Águas Belas e São João percorrem Alvorada. Como o arroio Feijó também passa pelas cidades de Viamão e Porto Alegre, é de competência estadual a manutenção e desenvolvimento de programas que previnam cheias nesses municípios e em Alvorada. Com o objetivo de executar a primeira obra de sistema de macrodrenagem do corpo d’água, o Governo do Estado, por meio da Metroplan, vem desenvolvendo o estudo de concepção para elaboração e execução do projeto.
O sistema de proteção contra as cheias é formado por galerias pluviais, diques, bacias de contenção e casa de combas. Além da Prefeitura de Alvorada e da Metroplan, Viamão e Porto alegre também integram a comissão que organiza os estudos de concepção do dique.

Texto: Fábio Medeiros/Fotos: Magno Derlon