Na manhã da última terça-feira (15), a Faders – Acessibilidade e Inclusão promoveu em parceria com a Prefeitura Municipal de Alvorada através da Secretaria Municipal de Educação (SMED)-CEMAEE, a cerimônia de abertura do 161º Fórum permanente de política estadual para pessoas com deficiência e altas habilidades.

O fórum teve como sede o Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado (CEMAEE) e reuniu gestores municipais, entidades representativas, profissionais e a sociedade em geral para debater e propor alternativas, a fim de implantar e implementar politicas públicas, potencializando ações afirmativas para a acessibilidade e a inclusão social desse segmento.

Após formada a mesa de autoridades as bailarinas, Taciara Gonçalves e Gislaine Figueiredo apresentaram a coreografia sublime. Gislaine é deficiente visual e compartilha sua arte e paixão pela dança através do projeto Ballet Cultuarte, coordenado pela professora Jacqueline Navarro e desenvolvido no Ginásio Municipal Tancredo Neves.

O evento também foi abrilhantado com a apresentação musical “Vento Negro” da professora Vanessa Argemi que realiza atendimento educacional especializado (AEE) no CEMAEE e foi acompanhada do violinista Manoel Freitas.

Auxiliando no processo de comunicação a cerimônia contou com tradutores e intérpretes de Libras da Faders e do Instituto Federal Rio Grande do Sul (IFRS).Além da descrição do espaço realizada pela Diretora Técnica da Faders Marilu Mourão.

Estiveram presentes prestigiando o evento as seguintes autoridades: Presidente da Faders, Sr. Roque Bacófe, Secretária de Educação Neuza Machado Teixeira, Secretário de Assistência Social Trabalho e Cidadania Alexandre Lobão, Secretário de Planejamento e Habitação Vladimir Massa, Diretora do CEMAEE Neuza Neto, Vereadora Claudia Girelli, Vereador Reginaldo Rocha, Vice-Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Altas Habilidades (CONDEFAH) do Município de Alvorada, Daniel Gause; Conselheira Tutelar de Glorinha, ssica Soares Rodrigues; Terapeuta Ocupacional do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) de Glorinha, Sílvia Carolina Watanabe e da Assessora de Educação Especial da 28ª CREA (Coordenadoria Regional de Educação), Zélia da Silva de Fraga.

Texto: Gabriela Turella/ Revisão e Edição: Celso Dornelles/ Fotos: Magno Derlon

Ainda não existem comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados (*).