Qualificação da mão de obra feminina para atuar na área

A Prefeitura de Alvorada busca, por meio de cursos profissionalizantes, a inserção das mulheres no mercado de trabalho, para promover o desenvolvimento socioeconômico da cidade. Um dos meios utilizados é oferecendo capacitações como a “Mulheres na Construção Civil” promovido pela Administração Municipal em parceria com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos. Durante a tarde desta segunda-feira, 19 de junho, foi realizada a aula inaugural da qualificação, na Associação Comercial e Industrial de Alvorada (ACIAL).

Cerca de cento e oitenta mulheres do município que vivem em situação de vulnerabilidade social participarão das capacitações voltadas à construção civil. O objetivo da ação é aumentar a oportunidades de inserção no mercado de trabalho, capacitando-as para atuar num ramo que é pouco explorado pela mão de obra feminina. Além da capacitação, o curso também prevê a colocação das participantes em empresas, para colocar o aprendizado em prática. Ao longo do curso, serão oferecidos auxílio-transporte, refeições no local e materiais necessários para execução das atividades.

Participaram da atividade o prefeito Appolo, o vice Valter Slyfer, o deputado federal Alceu Moreira, a secretária de Saúde, Neusa Abruzzi; secretária de Educação, Neuza Machado Teixeira; a diretora do Departamento de Políticas para Mulheres do Estado, Salma Farias Valêncio; a coordenadora de Política para Mulheres, Rosa Feijó; e as representantes da empresa Foco Opinião e Mercado coordenadora Kelly Pierini e Edimarta Palladini.

Os presentes agradeceram a presença de todas e destacaram a importância da qualificação na vida das moradoras da cidade, e as representantes da Foco explicaram o funcionamento do curso.

Saiba mais:

O projeto foi apresentado na manhã do dia 20 de abril ao prefeito Appolo. Na ocasião, o chefe do executivo explicou a importâncias da capacitação “Mulheres na Construção Civil”: “Acredito que somente através destes cursos profissionalizantes e capacitações poderemos realmente inserir nossa comunidade no mercado de trabalho”. As inscrições para a qualificação profissional ocorreram entre os dias 22 e 25 de maio, no Galpão Nova Americana e no Departamento de Direitos Humanos – Coordenadoria de Política para Mulheres.

Texto: Ivan Júnior e Sheron Vieira/ Foto: Magno Derlon

Edição-Revisão: Celso Dornelles.