“Nenhum passo para trás, manicômio nunca mais”. Ao longo desta quarta-feira, 18 de maio, a Prefeitura de Alvorada está realizando diversas atividades em alusão ao Dia Nacional de Luta Antimanicomial. As ações, na Praça Leonel de Moura Brizola, são organizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com o Conselho Municipal de Saúde. O Dia Nacional de Luta Antimanicomial visa o fortalecimento das famílias e dos serviços públicos, promovendo o cuidado em saúde mental em liberdade, evitando a internação psiquiátrica.

As atividades iniciaram durante a manhã, com confecção de cartazes com o tema “Qual é a sua Loucura?”, na Rua Jovelino de Souza. Logo após, foi realizada uma caminhada pela Av. Presidente Getúlio Vargas até o prédio da Prefeitura Municipal. Durante o restante do dia, a praça Leonel Brizola está recebendo atividades alusivas à data. A ação foi promovida pela Prefeitura de Alvorada e pelo Conselho Municipal de Saúde.

Veja abaixo o significado de cuidado em saúde mental em liberdade:

Cuidar em liberdade é garantir direitos e dar as pessoas uma vida cheia de sentido, que pode ser criado e recriado através das artes, da escola, do convívio familiar comunitário, do trabalho entre outras possibilidades que não se condicionam aos limites dos transtornos mentais.

Serviços nas Unidades Básicas de Saúde:

Cais Mental – Ambulatório de Saúde Mental, conta com atendimento de três psiquiatras e uma psicóloga, dentro do PAM-8.

Rua: Roberto de Souza Feijó, 147, 2º andar – centro
Telefone: 3442-1520

CAPS 2 (Centro de Atenção Psicossocial Adulto) – Equipe interdisciplinar que conta com atendimento em psicologia, enfermagem, psiquiatria e terapia ocupacional. Atende grupo prioritário de pessoas com transtornos mais graves e persistentes.
Rua: Maria do Carmo Garcia, 197 – Maringá
Telefone: 3411-8015

CAPS AD (Centro de Atenção Psicossocial: Álcool e outras drogas) – Com equipe interdisciplinar que conta com atendimento em psicologia, enfermagem, psiquiatria, terapia ocupacional e serviço social. Atende grupo prioritário de adultos e adolescentes em situação de risco pela dependência de álcool e outras drogas.
Rua: Alberto Pasqualine, 220 – Sumaré
Telefone: 3411-8055

CAPSI (Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil) – Conta com atendimento em psicologia, enfermagem, psiquiatria, terapia ocupacional, fonoaudiologia e nutrição. Atende prioritariamente crianças e adolescentes de 0 a 24 anos com transtornos.
Rua: Wenceslau Fontoura, 131 – bairro Nova Americana
Telefone: 3411-8055

NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) – Equipe interdisciplinar que presta apoio matricial especializado em saúde mental para toda rede básica de saúde do município. Conta com psicologia, nutrição, fonoaudiologia e psiquiatria.