Na manhã desta sexta-feira (13), aconteceu no salão nobre da Prefeitura uma reunião para divulgar o concurso para censitários que terá 180 vagas disponíveis em alvorada. O edital do concurso sairá até o fim do ano e a escolaridade exigida é o nível fundamental completo. Além de divulgar o concurso a reunião também foi para realizar a formação da comissão que auxiliará nas etapas posteriores ao censo 2020.

Durante o encontro o Secretário de Governo e Gabinete, Paulo Ramos, conversou com o coordenador do censo demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Antônio Carlos da Matta, que destacou a importância do trabalho de divulgação do censo nas escolas assim como para a comunidade em geral.

O objetivo das Reuniões de Planejamento e Acompanhamento do Censo (REPACs) é propiciar a participação da comunidade local, dando transparência à operação do Censo Demográfico no município e buscando, junto à sociedade, apoio e parcerias para viabilizar as atividades censitárias.

Dentre suas principais atribuições estão

  • Apreciar os mapas para fins estatísticos elaborados pelo IBGE para orientar as equipes de campo e a divulgação de resultados;

  • Promover a divulgação do Censo Demográfico junto à comunidade;

  • Colaborar na instalação dos postos de coleta, auxiliando na disponibilização da infraestrutura necessária à coleta de dados e no deslocamento das equipes nas áreas rurais.

Presididas por representantes do IBGE, essas reuniões têm participação das autoridades locais (dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário), além de representantes de associações, sindicatos, lideranças comunitárias, universidades, empresas e outros segmentos que possam de alguma maneira apoiar a operação censitária no município.

Os resultados do Censo 2020 vão refletir a realidade brasileira, fornecendo o retrato do Brasil num determinado período de tempo. Seus dados serão utilizados em programas e projetos que vão contribuir para:

Acompanhar o crescimento, a distribuição geográfica e evolução das características da população ao longo do tempo, identificar áreas de investimentos prioritários em saúde, educação, habitação, transportes, energia, programas de assistência a crianças, jovens e idosos, selecionar locais que necessitam de programas de estímulo ao crescimento econômico e desenvolvimento social além de fornecer referências para as projeções populacionais com base nas quais é definida a representação política no País, indicando o número de deputados federais, deputados estaduais e vereadores de cada estado e município.

Texto: Carina Soares /Edição e Revisão: CCS /Fotos: Eduardo Porto