A Prefeitura de Alvorada, por meio Secretaria Municipal de Saúde e o Centro de Vigilância em Saúde, Núcleo de Agravos de Notificações Compulsórias (SINAN), promoveu nesta quarta feira (5), no Salão Nobre a ”Capacitação de Agravos de Notificações” para médicos, técnicos e enfermeiros da Rede Básica de Saúde. O objetivo da formação é ter um panorama mais real da situação do Município para que se possa desencadear ações de prevenção, tratamento e diagnóstico precoce e assim aumentar a saúde da população interrompendo a cadeia de transmissões de doenças.

A abertura da atividade, que teve início às 8h, contou com presença da Dra. Adriana Parisotto que representou a Secretária Municipal de Saúde, a atividade teve a intenção de sensibilizar a rede básica de saúde para aumentar as notificações dos agravos listados pelo Ministério da Saúde.

A enfermeira Sandra Baldin responsável pelo Núcleo SINAN ministrou junto aos palestrantes a Apresentação do Panorama Epidemiológico do Município, o Diagnóstico Laboratorial da Sífilis, a Notificação de Doença Diarreica Aguda e as Doenças Transmitidas por Alimentos.

Em atendimento a partir dos sintomas apresentados pelo paciente, o médico avalia e solicita exames de acordo com a doença suspeita para notificação, assim ocorre a  confirmação, o diagnóstico positivo ou negativo da doença. Em caso de doenças transmissíveis a partir da notificação é feito a investigação na família do paciente pela equipe do SINAN.

Doenças como: Tuberculose, HIV/AIDS, Sífilis, Hepatite, Meningite, Dengue, Chikungunya, Zika, Leptospirose, Cachumba, Rubéola entre outras foram explicadas durante a palestra e apresentados os dados de casos no município. Para mais informações em caso de suspeita de algumas dessas doenças listadas acima ligue para o Centro de Vigilância Epidemiológica (51) 3411-8012, ou pessoalmente na Av. Presidente Getúlio Vargas, 1.151.

Texto: CCS