A Prefeitura de Alvorada, através do Centro Municipal de Educação Profissional Florestan Fernandes, investe na qualificação profissional dos cidadãos, oferecendo cursos voltados para geração de trabalho e renda que atendam às demandas econômicas e sociais, levando em conta as necessidades dos trabalhadores desempregados e famílias em situação de vulnerabilidade social.

A iniciativa mostra a preocupação da Administração Municipal em auxiliar na formação das pessoas para a busca de uma oportunidade no mercado de trabalho, cada dia mais exigente, aumentando assim chances de inserção.

Os cursos oferecem formação inicial e continuada que oportunizam aquisição e/ou complementação de conhecimentos nas mais diversas áreas, como Higiene e Beleza, Artesanato, Construção Civil, Industrial, Escritório, Arte, Idiomas, Alimentação e Atividades Físicas, permitindo a capacitação e atualização exigida pelo mercado de trabalho.

Em reunião com o prefeito José Arno Appolo do Amaral, realizada na segunda-feira (05), a diretora do Centro Florestan Fernandes, Viviane Dutra, acompanhada dos vices diretores João Cláudio Amaral e Camila Sinhorelli, das professoras e oficineira Maira Garcia e Rosemeri Duart, além da aluna Marisol da Silva Sulsel, destacaram a importância de oferecer qualificação para profissional à população.

Segundo o prefeito Appolo, “é essencial promover a qualificação profissional para as pessoas. Só quem passa por processos seletivos e entrevistas de emprego sabe o quanto é importante ter em seu currículo cursos de formação que habilitam o profissional a desempenhar a profissão”, comemora.

Segundo a diretora do Centro Florestan Fernandes, Viviane Dutra, “todos os cursos profissionalizantes do Florestan auxiliam as pessoas na busca de um emprego. Os cursos de padaria e auxiliar administrativo são os mais procurados, devido a importância deles para vida profissional dos nossos alunos. Esses curso além da parte administrativa, abordam o comportamento do candidato, a elaboração do currículo, entre outros assuntos da área”, finalizou.

No final de cada curso, os alunos recebem um certificado e estão aptos a exercerem o ofício ao qual se dedicaram. As oficinas propiciam ainda, a possibilidade das pessoas se tornarem empreendedoras, fazendo com que elas gerem a própria renda, criem vagas de emprego, e consequentemente contribuam com o crescimento da economia local.

Texto: Fábio Medeiros

Ainda não existem comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados (*).