Na busca por simplificar e desburocratizar o registro e a legalização de empresas do Município, a prefeitura de Alvorada estuda a possibilidade de implantar a Junta Comercial no Município. Preocupados com o fortalecimento da indústria e comércio e pela geração de emprego e renda, o Secretário de Governo e Gabinete de Alvorada, Paulo Ramos, e o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Newton Zanino, receberam na manhã desta quinta-feira (23), no gabinete do prefeito, a visita dos representantes do SEBRAE/RS. Este encontro serviu para estreitar o relacionamento entre as instituições, criando parcerias entre o município de Alvorada e a entidade. Entre os projetos citados, se destaca a implementação da Redesim no Município, facilitando os processos de abertura, regularização e baixa de empresas.

Todo processo será analisado pela Prefeitura através da Junta Comercial, que irá avaliar o local onde a empresa pretende se instalar, classificando o seu Grau de Risco.

As empresas classificadas como sendo de BAIXO RISCO em suas atividades, irão receber Alvará provisório, podendo exercer suas atividades imediatamente. Já as atividades que forem consideradas de ALTO RISCO, terão que apresentar as licenças previamente para poder receber o Alvará de Funcionamento, e só depois começar a exercer suas atividades.

Participaram da reunião Paulo Ramos, Secretário Geral de Governo; Newton Zanino, Secretário de Desenvolvimento Econômico; Marcelo Machado, Secretário da Fazenda; e Vladmir Massa, Secretário de Planejamento e Habitação. Além da responsável técnica da gerência regional metropolitana do SEBRAE,  Tangriane Forest Santos, e demais.

Texto: Fábio Medeiros/Foto: Magno Derlon