Tornar a Lagoa do Cocão, um dos principais símbolos de Alvorada e ponto de encontro para lazer da comunidade é uma das prioridades da Prefeitura. Para que esse objetivo se concretize, um projeto paisagístico para revitalização da lagoa e seu entorno, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAM), foi apresentado ao prefeito Appolo, ao vice Valter Slayfer e titulares de demais pastas durante a tarde da última quinta-feira, 25 de maio.

A exposição, realizada pela arquiteta Léa Japur, mostrou em detalhes o projeto paisagístico, que prevê áreas de contemplares, de estares com jogos de mesa, de lazer infantil e de esporte. Outro ponto abordado durante a apresentação, foram os locais de acesso ao local após a revitalização. Divididas em entradas para pedestres e veículos, os pontos ficariam nas três vias que integram a região: Avenida Frederico Dihl, e Ruas Pedro Lessa e Álvaro Furtado.

Durante a exposição, também foi mostrado imagens do “deck solarium”, que ficará próximo a entrada da rua Pedro Lessa. Formado por 420 metros quadrados sobre a água com acessibilidade, o espaço vai proporcionar uma visão do sol da manhã privilegiada, por conta da vegetação existente proteger parte da estrutura. Ao fim da apresentação, Thais Pena explicou como ocorreria a administração do parque após a revitalização, apresentando como alternativas parcerias com empresários do município.

O projeto paisagístico de revitalização da Lagoa do Cocão está previsto no convênio entre a Administração Municipal e a Corsan (Companhia Riograndense de Saneamento). O contrato prevê uma contrapartida ambiental, por conta da construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) em Alvorada.

Também participaram do encontro os secretários de (Governo e Gabinete), Paulo Ramos; de (Obras e Viação), Valdemir Martins; de (Planejamento Urbano e Habitação), Vladimir Massa, de (Desenvolvimento Econômico), Newton Zanino e de (Educação), Neuza Machado Teixeira.

Texto: Ivan Júnior/ Edição-Revisão: Celso Dornelles/ Fotos: Magno Derlon