Locais atendem até às 17h

Neste sábado, 13 de maio, as unidades básicas de saúde, unidades de referência em saúde e Pronto Atendimento Municipal (PAM-8) estão em funcionamento para atender a comunidade. Nos locais, acontecem atividades do “Dia D”: uma é para realizar a imunização contra o vírus Influenza e a outra e a pesagem volante do Bolsa Família. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promove ambas atividades. A pesagem, além da SMS, é desenvolvida também pelas secretarias municipais de Trabalho, Assistência Social e Cidadania e de Educação. Abertos desde às 8h, os centros de saúde atendem a população até às 17h.

Um dos locais de maior movimentação durante a atividade é o PAM-8, que por estar localizado na região central da cidade presta serviços a moradores de todos os bairros. Vindo do Jardim Aparecida, José Mendes, 61 anos, lembra que faz a vacina contra a gripe há 4 anos, pois é portador de doença crônica, um dos grupos elencados como prioritário pelo Ministério da Saúde. Auria Longaray, 77 anos, veio do Sumaré por normalmente fazer a imunização no posto de saúde. “Vi na TV que estava acontecendo a vacina da gripe e que os postos estariam abertos hoje”, explica.

Segundo a enfermeira Evelize Machado, Coordenadora do Núcleo de Imunização da SMS, entre 14 e 15h espera-se uma maior movimentação nos locais que ofertam a vacina. “As UBS’s Piratini, Algarve e Umbu e o PAM-8 terão mais procura que os demais”, expõe. Neste ano, conforme a pasta de Saúde a meta é alcançar 90% da população do grupo prioritário, que significa um crescimento de 10% comparado com a campanha de imunização de 2016. Até o momento, 50% da meta estabelecida já foi atingida.

Como o vírus Influenza é facilmente mutável, a vacinação é feita anualmente para que se tenha um maior controle sobre os casos de gripe. Por isso, o objetivo da ação é reduzir as complicações, internações e mortalidades resultantes da doença. O grupo prioritário é formado por crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, profissionais de saúde, indígenas, idosos, doentes crônicos e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas. A titular da pasta de saúde Neusa Abruzzi está envolvida com o trabalho desde cedo, estando inicialmente no PAM-8. Ao longo dia, ela deve visitar os postos de saúde do município para acompanhar o “Dia D”.

Simultaneamente a campanha de vacinação, ocorre a pesagem do Bolsa Família, que é uma das condicionalidades para que as famílias recebam o benefício. Crianças de zero a sete anos e mulheres de 14 a 44 anos devem ir aos centros de saúde que realizam a atividade. Segundo dados disponíveis no portal do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Alvorada possui 7.657 famílias cadastradas no programa do Governo Federal.

Além dos postos de saúde, a atividade vai contar um ponto extra de atendimento aos beneficiários, que será na Escola Municipal Alice de Carvalho, das 9 às 16h. Para realizar a pesagem é necessário levar o Cartão do Programa Bolsa Família (NIS).

Texto-foto: Ivan Júnior/ Edição-Revisão: Celso Dornelles