A ampliação da capacidade de tratamento do esgotamento sanitário na Região Metropolitana de Porto Alegre terá investimento de R$ 53 milhões, recurso advindo do Governo Federal, a ser executado pelo Governo do Estado, por meio da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).

Corsan

A obra concluída beneficiará mais de 150 mil pessoas na Região Metropolitana, sendo que, em Alvorada, a perspectiva é beneficiar diretamente mais de 26 mil pessoas com 59,2 quilômetros de redes coletoras de esgoto. O valor contratado para a etapa de Alvorada é de R$ 15.071.726,66, que serão investidos em mais de sete mil ligações domiciliares. A expectativa de execução da obra é de 720 dias. A instalação da rede, que conduzirá o esgoto até a Estação de Tratamento, será feita pela Engenharia Construções e Saneamento Ltda (ENCOSAN), empresa que venceu o processo licitatório.

Corsan Alvorada