Somente quem fez agendamento prévio pode realizar o procedimento

A Justiça Eleitoral vai realizar o último plantão para revisão do eleitorado e cadastramento biométrico dos habitantes que podem votar em Alvorada e fizeram o agendamento através do site do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul neste final de semana. O atendimento vai ocorrer nos dias 12 e 13 – sábado e domingo – das 9 às 18 horas, na Central de Atendimento ao Eleitor na cidade, localizada na Rua Viamão, 49 – Parada 49. O cadastramento se encerra na próxima quarta-feira, dia 16 de março.  Atualmente pelo site é possível fazer agendamentos apenas nos dias 15 e 16 de março.

O cadastramento biométrico é obrigatório para todos os eleitores de Alvorada, que é uma das 108 cidades contempladas para receber o novo sistema a partir das próximas eleições municipais. A Justiça Eleitoral lembra que o eleitor que não comparecer terá o título cancelado. Apenas as pessoas com mais de 70 anos, que não querem mais votar, não precisam fazer o recadastramento.

A revisão dos dados e o cadastramento biométrico é rápido e gratuito. Primeiro, os dados pessoais e eleitorais são atualizados (nome, ocupação, endereço, local de votação, cadastro como mesário voluntário, registro de necessidade especial, etc). Depois é registrada a assinatura (imagem em formato digital), foto e impressões digitais de todos os dedos das duas mãos. Ao fim, é entregue o título eleitoral atualizado. Mais informações pelos telefones 3483.1909 ou 3483.8443.

 

Veja a documentação necessária:

  • Documento oficial de identidade com foto.
  • Comprovante de domicílio recente (emitido nos últimos 3 meses).
  • Para primeiro alistamento os homens maiores de 18 anos devem comprovar a regularidade com o serviço militar.

 

Saiba mais: Quem não fizer a revisão e o cadastramento biométrico terá o título eleitoral cancelado e não poderá votar nas próximas eleições. Quem não votar, nem justificar, ficará sem quitação eleitoral e impedido, por exemplo, da obtenção de passaporte, identidade, posse em cargo público, dentre outras restrições.