Trabalho de prevenção as cheias nos arroios

A Defesa Civil através da Secretaria Municipal de Obras e Viação, segue com o desassoreamento do Arroio Feijó, no bairro Santa Clara, para minimizar futuros problemas com alagamento. Nos próximos dias as equipes realizarão a limpeza no bairro Stela Maris. Esse trabalho tem sido permanente, para amenizar as cheias que assolam os bairros Americana e Nova Americana.

Uma escavadeira hidráulica está sendo usada para retirar excesso de terra para aumentar a vazão de água, amenizando os alagamentos que ocorrem nessas regiões.

A Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM) de Alvorada se encontra em novo endereço

No dia 10 de julho, sobre o comando da delegada Karina Heineck, a Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM) mudou-se para o endereço localizado na rua Alberto Pasqualini, n°404, bairro Sumaré.

O objetivo desta comuta é proporcionar melhor estrutura com a ampliação do espaço para atender as mulheres do Município, aprimorar condições de atendimento qualificando o trabalho realizado.

O atendimento funciona na parte da manhã 08 h 30 às 11 h 30 e na parte da tarde 13 h 30 às 17 h 30. Em caso de dúvidas ligue: (51)3442-1114, para casos de emergência ligue: 197

Texto/Foto: CCS

Prefeitura de Alvorada recebe reforço de maquinário para realizar o desassoreamento do Arroio Feijó

A prefeitura de Alvorada, através da secretaria de Obras e Viação (SMOV), com apoio da Secretaria Estadual de Obras, Saneamento e Habitação, por meio do secretário Fabiano Pereira, iniciou os trabalhos de desassoreamento do Arroio Feijó, na manhã desta quarta-feira (28), quando o Município recebeu reforço de uma Escavadeira Hidráulica DOSSAN, que já iniciou os trabalhos.

Ainda na manhã desta quarta-feira, 28, o prefeito municipal Appolo e o vice-prefeito Valter Slayfer estiveram no local e acompanharam os trabalhos da escavadeira hidráulica dentro do Arroio. O equipamento cedido pelo governo do estado ficará a disposição do Município, conforme acordado com o secretário Fabiano Pereira.

Segundo o prefeito Appolo, essas ações visam minimizar os problemas causados pelas cheias do Arroio.

“Estamos nos antecipando ao período chuvoso que vem pela frente nos meses de julho e agosto. Estamos aumentando o nível de segurança da população para evitar possíveis alagamentos”, explicou o prefeito.

Para o vice-prefeito, Valter Slayfer, Alvorada precisa da ajuda de todos neste momento, “ Aquela região por muitos anos tem sofrido com as cheias e queremos atenuar os problemas enfrentados naquela comunidade”.

Esta ação contou com a dedicação do vereador Reginaldo Rocha, Secretário de Obras, Saneamento e Habitação do estado, Fabiano Pereira, Defesa Civil e apoio dos vereadores; Airton Pacheco, Darci Barth, Júlio Bala, Irmã Sara, Jackson do Hospital, Preto, Zézo, Arlindo Slayfer, Claudia Girelli, Gerson Luís, Nelsinho Fernandes, Juliano Marinho, Leandro Tur, e Branquinho Borges.

Texto: Fábio Medeiros/Celso Dornelles/ Vídeo: Fábio Medeiros Fotos: Magno Derlon

 

Plano de contingência é posto em prática

Seguindo os procedimentos estabelecidos no Plano de Contingência de 2017, desenvolvido para o combate de alagamentos, enxurradas e inundações típicas de bairros na várzea do rio Gravataí e do Arroio Feijó, a Defesa Civil atuou desde a madrugada do dia 8 até quando foi necessário intervir nos bairros vulneráveis de Alvorada. Devido ao baixo grau de declive para escoamento das cargas pluviométricas alguns pontos do município sofrem com o período de chuvas, deixando os moradores das áreas de risco em uma situação complicada. Pensando nesta demanda e a partir de análises de risco e avaliações topográficas da região, o plano foi concebido para ser ativado sempre que forem constatadas condições caracterizando cenários de risco.

A Defesa Civil desde a madrugada de hoje age para minimizar as perdas causadas pela cheia do Arroio Feijó em Alvorada. A equipe se dedicou a retirar as pessoas que estavam em casas tomadas pela água e transportar os móveis e pertences para locais seguros. Retirar os sedimentos do fundo do arroio no mês passado fez com que o leito seguisse em fluxo contínuo até o rio Gravataí, evitando maiores problemas à população.

A obstrução parcial do rio Gravataí provocou a cheia do Feijó, que, por sua vez subiu até atingir a Av. Beira Rio, na margem do lado de Alvorada. O uso das dragas na limpeza do arroio evitou que as águas ficassem paradas, o que facilitou o escoamento das águas pluviais. Por estar obstruído, o rio Gravataí impediu a livre passagem do leito do arroio causando o aumento do nível das águas.

Com água batendo na altura dos joelhos, os moradores de áreas de risco se viram em uma situação de desamparo. Assim que chegou o auxílio da Secretaria Municipal de Obras e Viação(SMOV) as famílias atingidas puderam pensar nos próximos passos a serem executados: elevar os móveis e procurar um local para proteger seus pertences de futuras cheias.

À tarde foram trazidos pallets para serem distribuídos entre os moradores atingidos pela água. Esta medida tem o objetivo de manter os pertences dos moradores acima do nível da água para evitar maiores danos.

Para mais informações entre em contato diretamente com a Defesa Civil através do número 3044.8687 ou no endereço Rua Maris e Barros 322, bairro Americana.

 

Texto: Mauricio Velasques  /  Revisão-Edição: Fábio Medeiros  /  Fotos: Magno Derlon

Prefeitura discute em reunião ação de contingência das cheias do Arroio Feijó

A Prefeitura de Alvorada se mobiliza para definir os próximos passos para execução do Plano de Contingência municipal. Em reunião durante a tarde desta quinta-feira, 8 de junho, foram discutidas as primeiras ações a serem realizadas pela administração municipal caso regiões ribeirinhas sejam atingidas por alagamentos, provocando a saída de moradores das residências. Inicialmente, ficou acertado que o galpão da Nova Americana vai acolher famílias que precisarem de remoção. Após, foi discutida como será a organização das secretarias municipais no processo de execução do Plano de Contingência.

Participaram da reunião, realizada no Salão Nobre da Prefeitura, o prefeito Appolo; o vice-prefeito e Coordenador de Proteção e Defesa Civil, Valter Slayfer; os secretários municipais de Governo e Gabinete, Paulo Ramos; de Segurança e Mobilidade Urbana, Sérgio Coutinho, de Obras e Viação, Valdemir Martins; de Cultura, Esporte e Juventude, Alcides Bolico; de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Alexandre Lobão; e de Planejamento Urbanístico e Habitação, Vladimir Massa.

Saiba mais:

O Plano de Contingência é um documento no qual estão definidas as responsabilidades estabelecidas de cada secretaria, para atender em caso de situações de emergência, como enchentes ou calamidade pública. O documento também contempla informações detalhadas sobre as características das áreas atingidas.

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC) fica anexa a Secretaria Municipal de Obras e Viação (SMOV) na rua Maris e Barros, nº 322, bairro Nova Americana. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 11h30min e das 13 às 17h (exceto em estado de emergência, como o atual). Os telefones para contato são os 3044-8688, 993-581-284 e 993-584-499.

Texto: Ivan Júnior/ Edição-Revisão: Fábio Medeiros/ Foto: Magno Derlon-Maurício Velasques