Alvorada será representada por três programas municipais desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Saúde, considerados exitosos nas suas propostas, em dois eventos ligados a área em Brasília durante os meses de junho e julho. O prefeito Appolo foi comunicado das escolhas dos trabalhos – feita pelo Ministério da Saúde e pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, na tarde desta terça-feira, 13 de junho, pela titular da pasta, Neusa Abruzzi, que estava acompanhada das coordenadoras dos projetos.

Dois programas, dos expostos ao chefe do executivo, serão apresentados na Mostra Brasil aqui tem SUS, no XXXIII Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, que ocorrerá nos dias 12 e 15 de julho. Entre os objetivos da atividade estão propiciar um intercâmbio de experiências bem-sucedidas, estimular, fortalecer e divulgar as ações de municípios que inovam nas soluções para garantir o acesso da comunidade às práticas de saúde.

Um dos programas que serão apresentados é o “Mais qualidade de vida”. Desenvolvido no Pronto Atendimento Municipal (PAM-8), na região central da cidade. O projeto auxilia quem está com a saúde comprometida, além de atuar na manutenção e prevenção da condição que a pessoa possui. No espaço, são oferecidas atividades como meditação e yoga para idosos, hipertensos, diabéticos e gestantes.

O projeto apresentado é de autoria de:

Autor Principal: Adriane Fracisco do Canto (Mediação e Psicanálise)
Outros Autores: Clarissa Molon Fonseca de Almeida (Yoga)
Rita Fernanda da Silva Ramos ( Alongamento)

Direcionado a agentes de saúde, técnicos de enfermagem, enfermeiros, odontólogos e médicos que atuam nas Unidades Básicas de Saúde, o “Desnutrição e risco nutricional de usuários a partir da UBS: sensibilização na atenção primária” também participará da Mostra Brasil aqui tem SUS. O objetivo do projeto é aumentar o acesso da assistência nutricional aos usuários dos postos de saúde, por meio de aulas expositivas.

Realizadas durante dois dias, nas atividades foram apresentas temas como o conceito de desnutrição e risco nutricional, dados epidemiológicos no município e sinais e sintomas para a desnutrição. Estes projetos já foram colocados em pratica e obtiveram laudos médicos comprovando sua eficácia no método aplicado.

O projeto apresentado é de autoria de:

Cíntia Lopes Castro Lucho

O último projeto que também alcançou reconhecimento nacional é o Programa Municipal de Controle da Tuberculose, do setor de Tisiologia. Convidado a participar da 15º Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças, que acontece de 27 a 30 de junho, as atividades desenvolvidas pelo Programa serão compartilhadas na Mostra Competitiva, modalidade experiências bem-sucedidas dos serviços de saúde pública.

O programa é coordenado por:

Elida Larronda

Segundo a secretária de saúde Neusa Abruzzi “Se o projeto é bom vamos fazer”. Com esta frase, ela se coloca a disposição de todos os profissionais da área da saúde, que desenvolvem um excelente trabalho a toda comunidade alvoradense. Também participaram da reunião os secretários municiais de Governo e Gabinete, Paulo Ramos; e da Fazenda, Marcelo Machado.

Texto: Ivan Júnior/ Edição-Revisão: Fábio Medeiros/ Fotos: Magno Derlon