Com o objetivo de defender os direitos da criança e do adolescente e alertar a população contra o trabalho infantil e a evasão escolar, foi realizada em Alvorada a 7ª Caminhada em Prol da Erradicação do Trabalho Infantil. A atividade, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (23), teve saída da praça central João Goulart (Largo 8 de Março, na parada 48, em frente do prédio Administrativo da Prefeitura), e seguiu até o Ginásio Municipal Tancredo Neves, no bairro Nova Americana.

A ação, organizada pela Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS) contou com representantes das escolas municipais, Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Projeto Pescar Soul e ACIAL, entre outros. A Banda Marcial municipal acompanhou a caminhada.

Ao fim da atividade, ocorreu uma confraternização com as crianças no Ginásio Municipal Tancredo Neves. As crianças contaram com brinquedos infláveis, cama elástica, pingue pongue, fla-flu, prancha mecânica e música para a diversão. A festa também teve distribuição de pipoca, salgados, cachorro quente, algodão doce e refrigerante.

SEAS

O município conta com um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), que oferece Serviço Especializado de Abordagem para Crianças e Adolescentes em Situação de Rua e Trabalho Infantil (SEAS Infantil). O SEAS acompanha as famílias na busca da superação dessa situação que viola os direitos fundamentais da população infantojuvenil. As equipes realizam o mapeamento e a abordagem, encaminhando as famílias aos Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), para serem inseridas no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e ao Programa Mais Educação.

Objetivos do SEAS com o acompanhamento das famílias:

  • Orientar às famílias para a retirada das crianças e adolescentes do trabalho, proporcionando capacitação profissional aos seus responsáveis;
  • Possibilitar o acesso, a permanência e o bom desempenho de crianças e adolescentes na escola;
  • Fomentar e incentivar a ampliação do universo de conhecimentos da criança e do adolescente, por meio de atividades culturais, esportivas, artísticas e de lazer no período complementar ao da escola, ou seja, na jornada ampliada;
  • Proporcionar apoio e orientação às famílias por meio da oferta de ações socioeducativas.