Exibição de Notícia Exibe a versão de impressão da página Retorna para a página anterior

Prefeito de Alvorada participa da posse da diretoria da OAB
(06/05/2010 - 12:50)

 O prefeito de Alvorada, João Carlos Brum, participou da solenidade de posse da diretoria da subseção da OAB Alvorada para o triênio de 2010/2012. O evento aconteceu na noite desta quarta-feira (05). Estavam presentes ainda o presidente e o vice-presidente da Ordem gaúcha, Claudio Lamachia e Jorge Estevão Maciel.

 

Alvides Benini foi conduzido ao cargo de presidente da OAB Alvorada em substituição a Engelberto João Rieger.

 

Ainda foram empossados Jorge Carlos Mayer (vice-presidente), Glacy Veloso Lopes (secretária-geral), Marcus Aurélio Neves Reis (secretário-geral adjunto) e João Luiz da Silveira (tesoureiro); e os conselheiros da OAB local, Édio Conceição de Oliveira Carneiro, Régis Delmar Pithan Felker, Leandro Ronaldo Goularte, Kely Eliane da Silva Darde, Gilberto Cordeiro dos Santos e Vanessa Cristina Apollo Neves.

 

Em sua manifestação, Brum saudou a nova diretoria e salientou a importância da OAB para o município em prol da sociedade. Ele destacou que a subseção da Ordem dos Advogados pode contra com a parceria da Prefeitura em ações de cidadania, assim como desejou pleno êxito para a gestão que se inicia.

 

Ao fazer uso da palavra, Benini ressaltou o orgulho dos advogados de Alvorada em receber a alta cúpula da OAB/RS na primeira cerimônia de posse realizada na sede própria da subseção. “O maior dos patrimônios da classe é a defesa das suas prerrogativas, pois é necessário valorizar o advogado em todas as esferas”, afirmou. Segundo ele, a seccional tem realizado um importante trabalho na fiscalização dos desvios éticos dos colegas, coibindo publicidade irregular na advocacia e o exercício ilegal da profissão.

 

No seu pronunciamento, Lamachia lembrou a atuação da Ordem gaúcha no campo legislativo, com a apresentação dos PLs das férias forenses e o que veda a compensação de honorários. “A Ordem representa a cidadania e faz isso sem receber recursos públicos. As verbas da entidade são provenientes das anuidades, por isso a responsabilidade redobrada”, afirmou. 


Fotos: Rodney Silva